1 Reis 17 – A Farinha da Panela Não Vai Acabar e Nem o Azeite da Botija

A paz do senhor amados irmãos, amigos e leitores do blog. Hoje quero compartilhar com vocês uma palavra que Deus revelou ao meu coração, que tem por base o texto de 1 Reis capítulo 17 e versículo 16. Existe uma revelação tremenda por trás dessa palavra. E conto com a graça de Deus para escrever e ministrar essa palavra na sua vida. Vamos ao texto:

Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou; conforme a palavra do Senhor, que ele falara pelo ministério de Elias.
1 Reis 17:16

1 reis 17 a farinha da panela

O que Deus tem a Dizer pra Você

A princípio o texto é bem simples e fácil de entender, não há mistérios. Afinal, o profeta Elias entregou uma palavra profética para uma viúva e no verso 16 a bíblia esta registrando que verdadeiramente aconteceu o que Elias profetizou. Mas perceba que no verso 14 nós vemos o exato momento em que Deus usa o profeta Elias pra falar com a viúva, veja:

Porque assim diz o Senhor Deus de Israel: A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o Senhor dê chuva sobre a terra.

E isso é o suficiente para que eu e você acreditemos que essa palavra se cumpriu. Mas por que a bíblia reafirma repetindo essa palavra no verso 16? Eu entendo perfeitamente que essa pergunta é um tanto ridícula, mas aos olhos da fé entenda que o verso 14 é histórico, mas o verso 16 é profético. Ou seja, o verso 14 se faz necessário pra explicar a história, mas o verso 16 parece que esta sobrando, não precisamos do verso 16 pra entender a história que o texto esta narrando.

E é por isso que o verso 16 se torna profético nas nossas vidas. Pois se não  foi escrito para os que desejam pesquisar, entender e aprender sobre a história de Elias e a viúva; eu entendo pela fé que foi escrito e registrado por causa de você e de mim.

O verso 16 é uma forma de Deus dizer pra você que a palavra Dele não cai por terra. É uma forma de Deus confirmar e renovar as promessas que Ele tem na sua vida, para que você se lembre que Deus não falha e da mesma forma que ele multiplicou o azeite na vida da viúva, também o fará na sua vida. Deus irá cumprir a sua palavra e Deus também irá multiplicar farinha e azeite na sua vida.

Se você estiver sozinho nesse momento, faça um ato de fé; e diga pra si mesmo – NA MINHA VIDA, NÃO VAI FALTAR FARINHA E NÃO VAI FALTAR AZEITE. Diga isso a si mesmo, mas diga com fé e se prepare pra ver a multiplicação da farinha e do azeite.

Porque Deus Multiplicou a Farinha e o Azeite?

Agora que você acredita piamente que não vai faltar farinha e muito menos azeite na sua vida, fica a pergunta no ar: O que significa farinha? E qual o significado do azeite? Afinal, Deus não esta falando de farinha de mandioca ou farinha do norte. Mas sim, Deus esta falando de algo que precisamos muito porém, temos pouco e por isso Ele vai multiplicar e não deixar faltar em nossas vidas.

Tanto a farinha como o azeite estava em falta em Israel. Isto porque já há algum tempo não chovia; e farinha e azeite são tirados da terra, ou seja, farinha vem da plantação de trigo e azeite vem da oliveira. Então sem chuva, tudo que depende dela pra crescer ou brotar, irá se acabar aos poucos. Logo, o preço dessas coisas aumenta, porque elas se tornam escassas e difíceis de encontrar.

E sabe porque não chovia? Porque o povo estava em idolatria servindo, acreditando e adorando a Baal; e o profeta Elias conhecendo a palavra de Deus ordenou que não chovesse, sabendo que Deus iria honrá-lo, uma vez que diz em sua palavra:

Guardai-vos, que o vosso coração não se engane, e vos desvieis, e sirvais a outros deuses, e vos inclineis perante eles;
E a ira do Senhor se acenda contra vós, e feche ele os céus, e não haja água, e a terra não dê o seu fruto, e cedo pereçais da boa terra que o Senhor vos dá.
Deuteronômio 11:16,17 

Farinha e azeite estava em falta naqueles dias, mas aquela viúva tinha guardado ainda um pouco consigo e por isso foi abençoada com a visita do profeta. Ao que o próprio Jesus disse:

Em verdade vos digo que muitas viúvas existiam em Israel nos dias de Elias, quando o céu se cerrou por três anos e seis meses, de sorte que em toda a terra houve grande fome;
E a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a Sarepta de Sidom, a uma mulher viúva.
Lucas 4:25,26

Essa falta de farinha e azeite é o que esta acontecendo nos dias de hoje. No mundo jaz o maligno e o preço da farinha e do azeite esta subindo cada dia mais, porque falta a chuva da graça de Deus sobre a terra. Mas aqueles que guardam farinha e azeite serão recompensados.

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.
Mateus 24:12

A farinha é a matéria prima do pão ou comumente chamado na bíblia de bolo de farinha. E pão representa o próprio Cristo, o pão vivo que desceu do céu, de igual forma remete á palavra de Deus. E o azeite é símbolo do Espírito Santo e aponta para a noiva do Senhor Jesus que precisa ter azeite.

As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo.
Mateus 25:3

Se você ainda tem azeite e farinha, guarde e preserve, ao mesmo tempo não se desespere por ter apenas um pouco. Pois Deus há de enviar a providência, assim como enviou Elias aquela viúva, também enviará a providência na sua vida e não deixará o azeite acabar e nem a farinha faltar.

Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou; conforme a palavra do Senhor, que ele falara pelo ministério de Elias.
1 Reis 17:16

O que Levou o Povo a Idolatria?

Essa história aconteceu no reinado de Acabe. E o nome Acabe significa: irmão do pai. Esse foi o sétimo rei do lado norte. Nessa época Israel estava dividido em dois reinos. O norte e o sul. No sul havia apenas 2 tribos, a de Benjamim e Judá. Enquanto o reino norte ficou com 10 tribos.

Essa divisão aconteceu após o reinado de Salomão, filho de Davi. Salomão teve um filho por nome Roboão, que significa: Ele aumenta o povo! Que logo assumiu o trono como deve ser na monarquia; Então Roboão começou a reinar, porém, tomou a triste decisão de oprimir o povo ainda mais, aumentando impostos. Essa opressão gerou uma revolta e rebelião que dividiu o reino. De maneira que Roboão continuou reinando em Jerusalém, cidade de Davi, cobrindo Judá e Benjamim, o reino sul; mas no reino norte Jeroboão foi levantado rei das 10 tribos restantes.

Quando Elias profetizou no reino norte que não iria chover. Segundo estudiosos, em Judá e Benjamim tinha chuva a vontade, mas em Israel no reino norte não caía uma gota de água. Mas antes disso, o rei Acabe fez aliança com os Fenícios, casando-se com a princesa Jezabel, cujo significado do nome é “Baal Exalta”.

Jezabel ou Jezebel era também sacerdotiza de Baal e Azera, deuses pagãos dos fenícios. E quando ela se casa com o rei Acabe, vem morar com ele em Israel, mas traz consigo os seus deuses. Acabe cometeu um grande erro ao se casar com alguém de fora de Israel, o que denota jugo desigual (tratava-se de uma aliança política). Porém mais grave ainda foi aceitar os deuses de Jezabel.

Conforme a história, a rainha levantou imagens de baal e azera na porta de entrada de Israel, as esculturas estavam de mãos dadas, de maneira que todos que entrassem em Israel passariam por baixo das mãos das estátuas sendo abençoados por eles.

Tanto Jezabel quanto o rei Acabe, apregoavam que baal é o deus da prosperidade e sua principal função é enviar chuva sobre a terra e prover o pão de cada dia. E quanto a azera, esposa de baal, era a deusa da fertilidade, responsável por fazer a terra ser fértil e abri a madre das mulheres.

Israel já vinha cometendo pecado de idolatria há muitos anos, porém, durante o reinado de Acabe foi quando se agravou por demais, pois o nome do nosso Deus deixou de ser anunciado em quase toda a nação. O fato da palavra baal ter por significado “senhor” trouxe também muita confusão espiritual no meio do povo.

Jezabel trouxe consigo os profetas de baal e os profetas de azera, todos eles vieram da fenícia. Eles não são de Israel como alguns pensam. E por ter já mais de 800 profetas, Jezabel julga desnecessário os demais profetas do Senhor em Israel. E por isso, ela manda matar todos os profetas do Senhor Deus Jeová!

Porque sucedeu que, destruindo Jezabel os profetas do Senhor, Obadias tomou cem profetas, e de cinqüenta em cinqüenta os escondeu numa cova, e os sustentou com pão e água. 1 Reis 18:4

Dessa forma, sobraram apenas os profetas que Obadias escondeu e o profeta Elias, que conforme o próprio Obadias, Deus tinha o costume de esconder Elias e levá-lo de lugar em lugar arrebatando-o. 1 Reis 18;12. Outro fato histórico e importante citar, é que na falta de chuva, consequentemente também falta farinha e se falta farinha, logo falta também o pão. Então, toda manhã aparecia aos pés da estátua de baal e de azera muitos pães para o povo. O que, na verdade, os profetas de baal colocavam na madrugada os pães aos pés da estátua para enganar o povo e dizer que baal e azera faziam milagre.

Elias, Só o Senhor é Deus!

Quando Elias, cujo nome significa O Senhor é Deus; se apresenta ao Rei Acabe, ele profetiza segundo a sua própria palavra (1 Reis 17;1). Mas não podemos dizer que ele foi orgulhoso de si mesmo, nem muito menos que isso é motivo para que outros profetas profetizem conforme suas próprias palavras. Pois Elias sabia o que estava fazendo, ele estava na verdade, citando um texto da lei de Moisés, onde o próprio Deus diz que irá punir o povo com falta de chuva caso eles caiam em idolatria. Dt 11;16 e 17.

E como Elias sabia que os demais profetas foram mortos, logo sobrou apenas ele para profetizar  e pela lógica, se só existe um profeta, obviamente, Deus falará somente por esse profeta, já que ele é o único. Esse pode ser um dos motivos pelo qual Elias disse:

Então Elias, o tisbita, dos moradores de Gileade, disse a Acabe: Vive o SENHOR Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a minha palavra.
1 Reis 17:1

Provavelmente Elias sabia que o povo logo iria se arrepender, pois ninguém consegue viver sem chuva, ou melhor, sem farinha e azeite. Então, ele sabia que era uma questão de tempo para que o povo se voltasse a Deus e o Senhor em resposta, haveria de abrir os céus novamente. E certamente Deus usaria a vida dele para profetizar a volta da chuva, uma vez que ele era o único profeta em Israel. (pelo menos era isso que Elias pensava, ele achou que estava sozinho, conforme 1 Reis 19;14 onde ele declara que os demais profetas foram mortos e ele ficou sozinho).

Quando os céus se fecham e a chuva não aparece, nosso poderoso Deus prova que baal não manda chuva coisa nenhuma e que não tem nenhum poder ou influência sobre a natureza. Durante esse tempo de seca, imaginamos que os profetas de baal e os profetas de azera muito clamaram e rogaram aos seus deuses para que mandasse a chuva e foram ignorados, tendo que encarar a dura realidade de que seus deuses não tem poder nenhum.

Logo Acabe começa a perseguir a Elias, pois foi ele que começou tudo isso. Porém, sabemos que Deus escondeu Elias durante todo o tempo sustentando e provendo suas necessidades.

A Viúva de Serepta

É durante esse tempo de seca, perseguição, desespero e falta de azeite e farinha, que Deus envia Elias para ser sustentado por uma viúva. Fico pensando se ela foi escolhida pelo fato de ter guardado um pouco de azeite e um punhado de farinha, além do fato de ter fé e de conhecer ao verdadeiro Senhor da chuva. Veja a reação dela:

Porém ela disse: Vive o Senhor teu Deus, que nem um bolo tenho, senão somente um punhado de farinha numa panela, e um pouco de azeite numa botija; e vês aqui apanhei dois cavacos, e vou prepará-lo para mim e para o meu filho, para que o comamos, e morramos.
1 Reis 17:12

Ela conhecia ao Deus todo poderoso, ela não estava se referindo a baal, ela não tinha se convertido a baal, pois ela acreditava no todo poderoso Deus dos céus e da terra. E mais do que isso, como ela sabia que esse Deus era o mesmo Deus de Elias também? Provavelmente as roupas e a postura de Elias falaram por si. Também existe a hipótese de que Elias tenha ficado conhecido, por causa da perseguição e procura que o rei Acabe iniciou, o rei deve ter divulgado a aparência de Elias para o povo, a fim de se alguém o encontrar, lhe entregar.

Ela foi sincera em sua declaração e não omitiu o fato de estar vivendo na pobreza, na miséria e muito perto de morrer. Ela declarou que seu azeite estava acabando e sua farinha faltando. Ela foi sincera com o homem de Deus.

Quantos crentes hoje em dia não admitem que o azeite e a farinha em suas vidas estão acabando? Quantos preferem fingir que tem azeite e farinha, ao invés de declarar ao Senhor que estão em falta. Ela acreditou na palavra do profeta, por saber que era homem de Deus e pela fé sobreviveu á seca.

Assim Diz o Senhor…

Elias profetizou na vida daquela viúva e dessa vez, ele usa a expressão: Assim diz o Senhor… Afinal, em nenhum lugar na lei de Moisés, fala que você pode profetizar conforme sua palavra pra tudo. E se Elias era profeta corajoso pra profetizar conforme sua própria palavra, então por quê ele não repetiu a dose dessa vez? Por quê não profetizou novamente conforme sua própria palavra?

Ora, fica claro que da primeira vez, ele tinha motivo para profetizar conforme sua própria palavra. Pois as escrituras já estavam garantindo a falta de chuva em caso de idolatria. Porém agora, Elias esta diante de uma situação a qual as escrituras (a lei de Moisés), não previram nada e não falam nada sobre isso. Então ele ficou na dependência total do Senhor e profetizou conforme o que o Senhor falou ao seu coração; Então logo ele usa a expressão: Assim diz o Senhor.

E a profecia diz que não vai faltar farinha e não vai faltar azeite. Já explicamos que farinha remete ao pão que simboliza a palavra de Deus. E você também já sabe que o azeite é símbolo do Espírito Santo e não pode faltar na vida do crente que é a noiva do Cordeiro.

Multiplicação

Repare que a profecia foi declarada para alguém que admitiu estar precisando de azeite e farinha. A profecia foi direta na vida de alguém que não pensou duas vezes para compartilhar com Elias (remete a Deus), o pouco de azeite e farinha que tinha. Em outras palavras, a profecia dizia que ela tinha que preparar um bolo para alguém totalmente desconhecido, alguém que não era seu parente e que ela tinha acabado de conhecer, com a única garantia de que iria ser multiplicado, mas o milagre só acontece se ela o fizer primeiro para Elias (Deus).

A viúva teria que esquecer de si mesma, esquecer de seu filho e se colocar em segundo plano, deixando o primeiro lugar para Elias. Dando preferência ao servo do Senhor e obedecendo a palavra de Deus. É como se você tivesse apenas 100 reais para passar o mês inteiro, sabendo que não conseguiria sobreviver com apenas 100 reais e conformado com a situação, você esta pronto para o pior (morte).

Mas então vem a palavra do Senhor e diz para que você separe desse dinheiro, uma parte para ele com a promessa de que haverá uma multiplicação! Você faria isso? Deixaria de se alimentar, comprar os alimentos para sua casa, seu filho, família e daria uma parte para Deus?

Muitas pessoas ensinam esse texto de forma errada. Eles dizem que você deve dar tudo para Deus, como a Viúva fez. Mas pela exegese do texto não foi isso que aconteceu. A viúva iria fazer um bolo para ela e para seu filho. Ou seja, dois pedaços de pão. Ou um pão que desse para dividir entre ela e o filho. Mas o profeta disse: Faz primeiro para mim. Ou seja, você terá que dividir o seu bolo em 3 pedaços e o primeiro pedaço é para mim. Depois farás para ti e teu filho.

Então, aprendam isso pregadores, é uma parte ao Senhor e não tudo para o Senhor. Afinal, Deus em sua palavra não nos pede nada além do dizimo. E as ofertas, são dos corações que se movem voluntariamente. Nunca use esse texto para pregar que se a pessoa tem apenas 100 reais, ela deve dar tudo para Deus e ficar esperando a multiplicação. Pois Deus trabalha com o que temos, e se não temos nada, o que acontece?

A viúva foi orientada a dividir o bolo para 3 pessoas, sendo que já era pequeno para duas pessoas. E no outro dia, tinha mais farinha na panela e mais azeite na botija. Ou você pensou que multiplicou na mesma hora e eles encheram a barriga de azeite e farinha até se estufar? Deus pode fazer isso, mas pelo texto não foi o que aconteceu. A multiplicação foi diária, Deus os alimentou todo dia com a porção certa de azeite e de farinha, até o dia que a chuva voltou.

Mas não se esqueça, a palavra pediu para ela fazer algo que na ótica de economistas e matemáticos era loucura! Ela correu o risco de morrer mais rápido junto com seu filho, mas acreditou e fez o que era possível deixando o impossível para Deus.

Gostou dessa mensagem?  Click Aqui pra apenas Baixar em PDF e ou Imprimir.

Como Pregar a Palavra de Deus? Assine e Baixe o Guia em PDF

Pregador Manasses

Sou apaixonado pelo Senhor Jesus e a sua palavra, compartilho nesse blog daquilo que o Senhor me tem dado, por isso trago pregações para jovens, estudos bíblicos e dou algumas dicas pra ajudar os irmãos a como pregar a palavra de Deus. Seja Bem vindo!

Website: http://pregadormanasses.com

10 Comentários

  1. ricardo

    o glória é muita glória mesmo aleluia Deus abençoa sua vida e da sua família meu irmão a paz do eterno.

    View Comment
  2. celso

    A Ele toda gloria ao Deus altissímo, abençoado seja tua vida pastor, maravilhoso e saber que existem pessoas que ensinam e pregam a palavra de Deus com profundidade, Se tu uma benção.

    View Comment
  3. Ednei

    Ótimo estudo em irmão, continue nessa unção, que Jesus venha lhe abençõar cada vez mais…fique na paz, um grande abraço

    View Comment
      • Daiana lima

        o que vc Disse? DEUS NOS PEDE O DÍZIMO, IRMÃO VC E UM ÓTIMO CONHECEDOR DA PALAVRA, NEM EU QUE TENHO POUCO TEMPO SEI,E MUITO ENGRAÇADO COMO TD TIRAM PARA FALAR DO DÍZIMO E OFERTAS,PORQUE NÃO PREGAM O AMOR AO PRÓXIMO, A AJUDAR OS NECESSITADOS,COMO NA ÉPOCA DE PAULO KATE NÃO TINHA DÍZIMO, E JESUS NA ÉPOCA QUE FALOU DO DÍZIMO ESTAVA SOBRE A LEI AINDA QUE SÓ TERMINOU COM SUA MORTE,APARTAR DA MORTE DE JESUS SE INICIA VERDADEIRAMENTE NOVO TESTAMENTO,DE ACORDO COM HEBREUS 9,E EM MALAQUIAS ERA PARA O POVO DE ISRAEL,E O DÍZIMO NÃO ERAM DINHEIRO,O QUE DEUS QUER E QUE AJUDEMOS UNS AOS OUTROS,O POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO,SE PARAREM PARA LER A PALAVRA DE DEUS TIRANDO O VÉU,ENXERGARIA A VERDADE.

        View Comment
        • A paz irmã Daiana.

          Só pra esclarecer, por favor, não me compare com pastores que só falam de dinheiro. Se você ler todas as pregações aqui no site, vai ver que essa é a única onde falo de dizimo e falo somente no final. Agora, a discussão sobre se devemos ou não dar o dizimo é muito longa, creio que não vale a pena discutir isso aqui. Afinal, como você mesmo diz, o que vale mais é amar o próximo.

          Deus te abençoe.

          View Comment
  4. Daiana lima

    Eu compreendo está passagem como um ato de fe,pq ela acreditou no que o profeta Elias disse,Deus enviou Elias a uma mulher estrangeira,que não era do povo de israel,e ela acreditou na lá, através de Deus dada pelo profeta Elias.igual em LUCAS 4;25 acho que Deus ali tinha um plano de fazer a mulher crer no seu poder,já que dá meio a fome de todo israel ela foi abençoada.as historias da bíblia são únicas, temos que extrair a lição moral que ela representa,Deus não vai fazer o mesmo milagre de novo.à lição que eu tenho é de fé,crer em Deus confiar.não o milagre da farinha e azeite novamente,ou alimento que seja,a bíblia e pães ser lida e extraída a lição moral,ali são fatos únicos, ou alguém acha que vai entrar na cova de leões,vai derrubar gigantes.temos que vencer o mundo,como Cristo venceu,tendo amor e perdoando.

    View Comment
  5. Daiana lima

    E viúva de sarepta,que pertence a sidom,ela não fazia parte do povo de israel,era estrangeira.

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *