A importância das Oportunidades na Igreja

Hoje quero abordar um assunto incomum. Porém de grande relevância para a igreja do Senhor, que são os membros!

É evidente que 70% dos membros de qualquer igreja pentecostal ou tradicional não tem a oportunidade de ir a frente cantar um hino, contar um testemunho, dar uma saudação, ler alguns versículos bíblicos e nem mesmo fazer a oração final.

E não é uma questão de tempo de casa, pois até irmãos e irmãs que já estão há anos na mesma igreja ficam de molho no banco.

É uma pena que muitos líderes de igreja não dão valor a isso e passam desapercebidos.

  • Você costuma ter oportunidade na sua igreja?
  • Se você é o líder, tem o hábito de variar as oportunidades ou sempre chama as mesmas pessoas?
  • Há algum irmão na sua igreja que nunca teve oportunidade, ou já esta a anos sem oportunidade?
  • Você sabia que deixar um membro muito tempo no banco pode trazer graves consequências a igreja do Senhor?
  •  Se você ficar muito tempo sem ter oportunidade na sua igreja, o que você faria?
  • O que aconteceria com você?
  • Será que isso iria prejudicar sua vida espiritual?

 Quantas Oportunidades Devem ser Dadas durante o culto

Considere que durante o desenvolvimento do culto, no mínimo são duas oportunidades individuais em um culto de domingo. O testemunho e o louvor para oferta.

Porém, conforme horário é possível encaixar mais uma oportunidade individual. É importante dar oportunidade aos domingos, para não causar polêmicas na igreja.

Pois se você variar as oportunidades durante a semana e aos domingos der preferencia as mesmas pessoas, vai haver problemas entre os irmãos. Porque todos querem contar o seu testemunho aos domingos, todos querem cantar aos domingos. Pois é o dia de culto em que a igreja esta cheia, e ninguém quer contar o seu testemunho de vitória pra meia dúzia de pessoas durante a semana.

Quais as consequências de Não variar oportunidades.. 

Quando você deixa os membros muito tempo no banco. Logo esses membros se tornam apenas frequentadores da igreja. Pois ao não ser chamado pra cantar, pregar ou tocar. As pessoas se sentem excluídas e deixadas de lado.

Muitos até vão desenvolver seus talentos espirituais em outro lugar, alguns continuam na igreja, mas também deixam de participar dos trabalho. Por isso são apenas frequentadores.

Os frequentadores só aparecem na igreja aos fins de semana. E se trabalham muito, só aparecem aos domingos.

Os frequentadores não costumam vir nas manhãs de domingo para a EBD. E se fazem parte de algum grupo, também não aparecem nos ensaios.

Frequentadores quase não contribuem com ofertas e não se preocupam em ser fiéis no dizimo.

Porém, você como líder ou Pastor deve trabalhar para não transformar seus membros em frequentadores na sua igreja ou comunidade evangélica.

E os membros que não cantam, não pregam, não tocam, não sabem nada !!! Como interagir com eles?

Existem membros que não tem ou não descobriram ainda seu talento ou vocação para atuar na obra do Senhor. Esses são geralmente novos convertidos. Ou frequentadores que saíram de outra igreja ou ministério e agora estão com você.

Nesses casos, você também precisa cuidar pois nunca se sabe o quanto de potencial essa pessoa pode ter.

Obviamente, é necessário fazer esse membro passar por alguns testes para avaliar sua vocação que talvez esteja oculta por ele não ter tido oportunidades na igreja anterior ou por ser muito novo no evangelho de Jesus Cristo.

Conversar é uma excelente forma de saber qual atividade esse membro pode executar. Por isso, é importante o líder visitar e conhecer todos os seus liderados.

A questão é que você deve tentar de todas as formas desenvolver o talento ou vocação desse membro para que ele possa entrar para o grupo de membros ativos na igreja e poder receber oportunidades aos domingos, igual a todos os outros.

dicas-como-falar-em-publico1Como Variar Oportunidades em uma Igreja com Muitos Membros

Quando a igreja é grande fica difícil variar as oportunidades entre os irmãos. Até mesmo porque o Pastor não vai lembrar de todos. Mas felizmente existe uma solução para isso.

Geralmente as igrejas com muitos membros, ou seja, mais de 70 membros também costumam ter vários obreiros e ministros. E assim, podemos usar esses números para gerenciar as oportunidades, veja:

Digamos que uma igreja tem 100 membros e 10 ministros que sentam atrás do púlpito. Ao mesmo tempo essa igreja também tem 20 obreiros entre diáconos e colaboradores de ambos os sexos. No total essa igreja tem 130 pessoas. Veja como podemos organizar a variação de oportunidades:

Se temos 10 ministros e 100 membros, logo temos 10 membros para cada ministro. E se temos 20 obreiros logo são 5 membros para cada obreiro.

Então vamos dividir em grupos de forma que cada ministro vai administrar a variação de oportunidades do seu grupo. E cada dois obreiros vão auxiliar esses ministros nessa variação.

Serão 10 grupos no total. Cada grupo tem 10 membros, 02 obreiros e 01 ministro. Levando em consideração que em um culto de domingo o mínimo de oportunidades são 02. E 10 membros divididos por 02 oportunidades é igual a 05. Sabemos então que cada grupo vai precisar de 05 domingos para que todos os membros do grupo tenham oportunidade individual no domingo. Isso leva o tempo de 1 mês e uma semana para cada grupo.

Então, durante um mês e uma semana, um desses grupos vai estar a frente do trabalho aos domingos. Enquanto isso, os demais grupos podem assumir o trabalho durante a semana. Cada dia da semana um grupo, até que chegue a sua vez de assumir o trabalho no domingo durante um mês e uma semana.

Cada grupo na sua vez vai funcionar da seguinte maneira; O ministro estará dirigindo o culto sendo auxiliado por 02 obreiros para tomar o cuidado de não esquecer de dar oportunidade aos membros do seu grupo.

E assim fica fácil lembrar de todos os irmãos. Isto é importante para que sua igreja não tenha membros gelados espiritualmente!

Assim, você evita com que seus membros se tornem frequentadores e evita perder membros para outras igrejas menores que a sua. Pois o membro que quer muito fazer algo na obra do Senhor, não ficar no banco por ninguém.

Inscreva-se no blog pra Receber Atualizações

Manassés Moraes

Manassés Moraes tem 24 anos de idade, prega a palavra de Deus desde os 09 anos. Nascido em berço evangélico e amante da palavra de Deus. Tem grande experiência como líder de jovens. Seus assuntos favoritos são: "Como Pregar a palavra de Deus". e "O chamado de Deus". Esta sempre compartilhando suas experiências e conhecimentos no blog http://pregadormanasses.com.

Website: http://pregadormanasses.com

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *