A Santíssima Trindade: Um Só Deus Em Três Pessoas

Graça e paz a todos, estaremos estudando atravéz desta lição da escola dominical sobre a importante doutrina da crença cristã, A Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo, três pessoas distintas em uma só.

“Há diferentes tipos de dons, mas o Espírito é o mesmo.
Há diferentes tipos de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
Há diferentes formas de atuação, mas é o mesmo Deus quem efetua tudo em todos.”
(1 Coríntios 12:4-6)A Santíssima Trindade: um só Deus em três Pessoas

Para introduzir o assunto, precisamos entender os termos corretos no que diz respeito a santíssima trindade. Uma vez que trindade aponta para o número 3. Não podemos dizer: Trindade Divina! Pois não existem 3 deuses, só existe um único Deus. Ou seja, podemos dizer: Santíssima Trindade. Mas não podemos dizer trindade divina, porque senão estaríamos afirmando a existência de 3 deuses, quando a bíblia é categórica ao dizer que existe apenas 1 Deus! E é o que veremos nessa lição!

I – Construções Bíblicas Trinitárias

Observando o que Paulo ensinava à igreja de Coríntios, que a origem dos dons espirituais não vem de homem, mas de Deus; ele deixa claro que dons, mistérios e formas diferentes de atuação vem através de um mesmo Espírito, Senhor e Deus. Vejamos:

Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
1 Coríntios 12:4-6

Sendo assim temos:

Dons ——————- Espírito Santo — Ele traz os dons espirituais a igreja. 1Cor 12;7 em diante.
Ministérios ———— Senhor ———— É Jesus quem chama cada um para um serviço (ministério). Ef 4;9-12
Operações ———– Deus ————— E Deus faz operações em nós. Fl 2;13.

1. A Unidade na Trindade

A palavra trindade não é usada na Bíblia, este termo é usado para descrever um Deus triúno. A santíssima trindade é um Deus feito de três pessoas distintas, separadas, mas que em poder e glória são iguais, onipotentes, oniscientes e onipresentes.

É um mesmo Deus que possui 3 pessoas, não são 3 deuses, mas sim 3 pessoas juntas iguais em tudo e formando um único Deus eterno e verdadeiro!

Ao longo da bíblia, conseguimos ver as 3 pessoas da trindade agindo, mesmo que eles ainda não haviam sidos revelados, de maneira clara para o povo de Deus. Por exemplo;

Em Gênesis 1. É possível ver Deus no verso 1, criando os céus e terra. O Espírito Santo no verso 2, se movendo sobre as águas. E Jesus no verso 3 trazendo a luz! Pois ele é o Haja de Deus. Jesus é a palavra de ordem, aquele que executa, conforme Hebreus 1;3.

Em Apocalipse 5. Na narrativa da visão de João, vemos Deus assentado no trono, o Espírito de Deus que esta com o cordeiro e foi enviado a toda a terra e vemos o cordeiro que pegou o livro para abrir os selos.

Sendo assim, de Gênesis a Apocalipse vemos a atuação das 3 pessoas da trindade! Pai, Filho e Espírito Santo.

2. A Benção Apostólica

a) Comparando

(2 Co 13:13) em algumas traduções: “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós.” — Versão Almeida Atualizada, ou

“A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com vós todos. Amém! ” — Versão Almeida Revista e Corrigida, e comparando como (Nm 6:24-26),entendemos que são saudações finais que acontecia  quando terminava as reuniões da igreja primitiva.

b) Observamos

Que as saudações tanto no Novo Testamento como no Velho Testamento são trinitária ou seja referem-se a Santíssima trindade: Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo. Vejamos que desde de cedo a igreja já entendia a realidade do Deus triúno.

3. O Deus Trino e Uno Revelado

É a doutrina cristã, revelada pelas três pessoas da Santíssima trindade, Deus pai, Deus filho e Deus Espírito Santo. São pessoas distintas com vontades próprias.

“Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.”
(Efésios 4:4-6).

Essa trindade não vive separadamente, mas em um. Essa palavra é usada para resumir o ensinamento bíblico de que Deus é três pessoas, porém um só Deus.

II – O Deus Trino e Uno

1. Uma Questão Crucial

É uma questão determinante na bíblia. A divindade de Cristo não é só comprovada no Novo Testamento, (Cl 2:9) ” Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade;”

mas no Antigo Testamento também, (Gn 1:26 a) ” E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança;[…]”.

2. A Santissima Trindade

a) A Doutrina da Trindade

É uma das mais importantes da fé cristã. Mas ensinamentos da Bíblia dizem que todas as qualidades de Deus valem para as três pessoas, pois cada uma delas é plenamente Deus.

b) Definição

Sendo assim, podemos definir a doutrina da trindade: Deus existe eternamente como três pessoas – Pai, Filho e Espírito Santo –  e cada pessoa é plenamente Deus, e existe um só Deus.

III – As Crenças Inadequadas

1. Os Monarquianistas Dinâmicos

Existia uma série de crenças cristãs heréticas do século III, que negava a Santissíma Trindade das três  pessoas, para afirmar que a única verdade era a unidade divina, na pessoa do Pai.

Apesar da nossa fé nas pessoas da santíssima trindade ser fundamentada na Bíblia (palavra de Deus), existem grupos isolados que negam, e confundem as pessoas, afastando-as para longe da doutrina triúna. Esses movimentos surgiram em torno do monoteísmo cristão.

a) Eles ensinavam que jesus recebeu o poder na hora do seu batismo

b) Outros afirmavam que Jesus se tornou divino no momento da ressurreição

Todas estas doutrinas negam a verdadeira trindade e divindade de Cristo, contradizendo o que diz o apóstolo João: “Também sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” (1Jo 5:20).

2. Os Monarquistas Modalistas.

Estes ensinavam que Deus aparece de modos diferentes. Deus aparece com a faceta de pai na obra criadora, com a faceta de filho no seu nascimento e com a faceta do Espírito Santo ao subir aos céus.

Pai, filho e Espírito Santo não são três pessoas, mas três faces ou semblantes. A doutrina unicista nega a trindade, na verdade é um erro teológico muito grave.

A doutrina da salvação (inclusive a reconciliação, a propiciação, a redenção, a justificação e a expiação) dependem da cooperação dos membros distintivos do Deus TrinoUno (Ef 1.3-14). Por isso, renunciar deliberadamente a doutrina da Trindade ameaça gravemente a nossa esperança de salvação pessoal.

3. O Arianismo

Esse movimento foi fundado em Alexandria, Egito. Arienismo é o nome da doutrina criada por Ário. Ela ensinava que Jesus não era da mesma substância do pai; que ele havia sido criado do nada, era uma classe de natureza inferior, nem divina nem humana. Seus seguidores tinham uma palavra de ordem que diziam: “Houve um tempo em que o verbo não existia”.

Mas a palavra de Deus, o ensino bíblico sustentado pelas igrejas desde o príncipio, afirma que o filho de Deus é eterno, pois transcede a criação  “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. (Is 9:6)

“Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste.”(Cl 1:17).

palavra de Deus, e falsos ensinamentos sempre existiram, existem e continuarão a existir. Pensamentos contrários a sã doutrina, e interpretações erradas das Escrituras. O livro de João tinha justamente o propósito de mostrar que Jesus era realmente o filho de Deus.

IV – Respostas as Objeções Acerca da Trindade

1. Esclarecimento.

Os unicistas pregam que a doutrina da trindade foi inventada no concílio de Niceia. Esse concilio foi formado na época do imperador constantino e tinha como função definir a doutrina sobre a divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Tempos díficeis, em que tentavam esclarecer o que já estava claro desde o principio, na criação do homem. em que através da palavras de Deus, podemos claramente entender que haviam ali três pessoas em uma só: “Façamos o homem” (Gn 1:26) ou seja, a santissíma trindade.

2. A definição de Tertuliano.

Tertuliano era um homem que estudou direito, criou a palavra Trindade, declarando que todos nós somos um, por unidade. Tertuliano, tinha vínculos com a igreja católica, depois que rompeu com esses vínculos passou a criticá-la duramente. Depois dos vínculos rompidos, passou a acreditar que o cristianismo era uma nova lei pregada por Jesus Cristo.

Em seu trabalho principal que se chamava Práxeas, II ,, Tertuliano descreve a Divindade em termos que anteciparam a conclusão do concílio de Niceno, mais de um século depois.

“Todos são de um por unidade de substância, embora ainda esteja oculto o mistério da dispensação que distribui a unidade numa Trindade, colocando em sua ordem os três: Pai, Filho e Espírito Santo. Três, contudo… Não em substância, mas em forma, não em poder, mas em aparência, pois eles são de uma só substância e de uma só essência e de um só poder, já que é dom de Deus que esses graus e formas e aspectos são reconhecidos com o nome de Pai, Filho e Espírito Santo”.

3.Formulação Definitiva da Trindade

Só depois do concílio de Constantinopla, que aconteceu a caracterização definitiva da trindade. Foi o primeiro concílio ecuménico do cristianismo no ano 381, e que decidiu a divindade do Espírito Santo.

Constantinopla era a cidade de Constantino. Com base em trabalhos e obras e depois de combaterem outras doutrinas que iam de contra a doutrina do Espirito Santo e da Santíssima Trindade, foi que finalmente ficou  estabelecida de uma vez por todas a doutrina do Espirito Santo.

Concluímos

Que depois de lutas, e de terem combatido doutrinas e heresias contrárias a palavra de Deus, ficou claro que a doutrina da trindade é biblica desde o livro de Gênesis até Apocalipse.

Veja Todas as Lições Bíblicas Aqui 

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR ESSE ESTUDO EM PDF GRATUITAMENTE

Como Pregar a Palavra de Deus?

Inscreva-se Gratuitamente para receber atualizações do blog e Baixar o Guia Prático para Elaborar Sermões do Clube de Pregadores

Silvania Soares

Graça e paz a todos! Meu nome é Silvania Soares, sou cristã há mais de trinta anos, congrego na Assembleia de Deus, tenho ministério de ensino e sou Bacharel em Teologia. Amo ensinar a palavra de Deus e formar novos pregadores. Comecei como aluna no clube de pregadores, onde, graças a Deus e ao conhecimento aquirido no clube, trabalho corrigindo as lições e efetuando os comentários bíblicos e também postando estudos.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *