A Mulher Cananeia – Uma mulher de Fé

 “E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.” (Mt 15:22)

Na Bíblia temos vários relatos de histórias de fé, amor e coragem. A história da mulher cananeia é com certeza a que mais nos leva a refletir na atitude humilde e ponderada. Uma mulher de fé, coragem e discernimento.

I – Uma Mulher de Fé

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.”(Hb 11:1). A mulher cananeia tinha a confiança de que estava na direção certa ao dirigir-se a Jesus, assim como tinha certeza que sua filha estava endemoniada.

O discernimento, a certeza e a convicção, a levaram ao lugar certo e a pessoa certa. Quando estamos cercados de incertezas e dúvidas, vamos nos distanciando cada vez mais daquele que pode nos ajudar; Jesus Cristo, esse é o único provedor de nossas vidas.

II – A Fé Que Nos Encoraja

a) Motivada Pela Fé

Primeiro ela teve fé no salvador, no provedor de todas as coisas, reconhecendo a sua linhagem, como é relatado em Mateus 15:22 que diz: “Senhor filho de Davi”. Ela tinha a convicção de que estava indo a pessoa certa.

b) Motivada Pela Coragem

Ela era uma estrangeira, uma mulher gentílica de origem siro-fenícia que vivia nas regiões de Tiro e Sidônia. Mesmo sabendo que estava em posição inferior, esta mulher de coragem, não levou nada em conta; apenas, seguiu em busca da cura para sua filha, porque esta era uma mulher de fé.

c) Motivada Pela Esperança

Como tantos de nós, que seriamos capazes de dar a vida por nossos filhos e estamos todos os dias suplicando com fé, coragem, determinação; a mulher cananeia não mediu esforços, e cheia de esperança suplicou a quem podia ouvir-lhe, Jesus.

III – Uma Mulher de Discernimento

Ela foi capaz de discernir o que atormentava sua filha, entendeu que não se tratava de uma mera doença e sim tratava-se de um Demônio.  É muito importante termos o discernimento das coisas, para entendermos de onde vem o problema.

a) A Necessidade Primordial

Ao buscarmos à Deus precisamos parar de pedir coisas materiais e focar nas espirituais, muitas das vezes estamos passando por um problema que não sabemos a sua natureza; e buscamos ajuda em lugares, e a pessoas erradas.

O discernimento nos faz saber a natureza do problema; se espiritual, se material, se clínico, e só Deus pode dar este discernimento. No caso da mulher cananeia ela deve ter sido orientada por alguém ou pelo próprio Deus, a buscar Jesus.

A mulher cananeia - uma mulher de coragem b) Vencendo Barreiras

Para chegar até Jesus, essa mulher de fé, teve que enfrentar barreiras sociais, preconceito a indiferença dos discípulos, e por fim o silêncio de Jesus.

“Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: “Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós”.
(Mateus 15:23).

E isto foi um fato. O que geralmente se faz diante do silencio de alguém?  Qual a nossa primeira reação? Que sentimento surge dentro de nós, quando nos deparamos com o silêncio alheio?

Que essas respostas fiquem em nossas mentes e corações para refletirmos na ação de uma gentílica que não fazia parte do “povo escolhido”, mas que fazia parte do povo amado. Neste momento difícil de sua vida Jesus resolveu testa-lá antes de dar sua benção e mostrar a seus discípulos que Deus não faz acepção de pessoas que tenham a fé genuína.

IV –  Atitude de Humildade

a) A Atitude de Humildade Deixou Claro o Tamanho da Sua Fé

Nesta época, os judeus viam os gentios como corruptos e idólatras, eles eram tratados como algo sem valor. Essa expressão que Jesus usa, “cachorrinho”, [era um termo que os judeus usavam para referir-se aos gentios porque consideravam que o povo pagão não valia nada mais que este animal] (nota de rodapé da bíblia de aplicação pessoal).

b) A Atitude de Humildade Deixou Claro o Tamanho do Seu Amor

Mas sabemos que Jesus não usou o termo para rebaixar e sim mostrar que ela não era menos digna de receber sua benção. Sendo comparada ao animal ou não, o que importa é que aquela mulher insistiu em sua fé e perseverança.

V – Atitude de adoração

Ela chegou aos pés de Jesus,e o adorou numa atitude de humildade e de serva. Veja o que diz a palavra de Deus: “A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: “Senhor, ajuda-me! “(Mt 15:25).

Temos vários exemplos de adoração na bíblia e todos com resultados fabulosos. A adoração vem primeiro, a resposta vem depois. Quando se chega ao Senhor com o coração humilde e livre de impurezas, a adoração é recebida por Deus. Adore ao Senhor, porque ele é digno, porque ele nos amou primeiro, por ter enviado seu filho amado para morrer por nós.

VI – Atitude de Vitoria

Aproximar-se de da pessoa certa na hora certa, com certeza contribuiu muito para que ela obtivesse vitória. Enfrentar os preconceitos da época, enfrentar as barreiras impostas pelos judeus, enfrentar tudo e ir em busca de Jesus, também contribuiu.

Essa mulher enfrentou barreiras, superou desprezo e perseverou por amor de sua filha. Ela  encontrou a misericórdia do Senhor por entender que naquele momento Jesus provara a sua fé, mesmo diante do terrível obstáculo que encontrou ela não desistiu.

A mulher cananeia usou o poder da comunicação, o que as vezes tem sido muito difícil para algumas pessoas, que acabam recuando diante da dificuldade de resolver-se através da comunicação e acabam perdendo o que Deus tem de melhor para nós esquivando-se dela.

VII – Atitudes Que Nos Ensinam

Podemos tirar algumas lições da atitude desta mulher. Buscar a pessoa certa nos momentos de dificuldades e angustias é muito importante. Procure pessoas que sirvam a Deus, pessoas de boa índole

A mulher cananeia tomou a atitude de ir em busca da cura. Ela teve o discernimento de que a filha estava endemoniada e foi em busca da cura, essa mulher de fé, procurou o médico dos médicos, ela procurou a Jesus, embora tendo enfrentado dificuldades, ela não desistiu e continuou enfrentando todas as situações.

Ela clamou a Deus, e é assim que devemos fazer; clamar a quem pode, clamar ao Senhor. Com ela aprendemos que mesmos em condições adversas, por ser gentílica, por ser mulher, ela chegou ao pai, ela pôde clamar e ser ouvida. Assim somos nós, temos acesso ao Senhor embora fracos e desanimados, temos acesso ao pai que é misericordioso.

Que possamos ter a humildade suficiente para chegar aos pés de Jesus, que consigamos compreender as palavras que saem da sua boca para como ela (a mulher cananeia) a fim de conseguirmos vitoria pela fé humildade e perseverança.

Veja Todos os Estudos Aqui 

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR ESSE ESTUDO BÍBLICO EM PDF

Como Pregar a Palavra de Deus?

Inscreva-se Gratuitamente para receber atualizações do blog e Baixar o Guia Prático para Elaborar Sermões do Clube de Pregadores

Silvania Soares

Graça e paz a todos! Meu nome é Silvania Soares, sou cristã há mais de trinta anos, congrego na Assembleia de Deus, tenho ministério de ensino e sou Bacharel em Teologia. Amo ensinar a palavra de Deus e formar novos pregadores. Comecei como aluna no clube de pregadores, onde, graças a Deus e ao conhecimento aquirido no clube, trabalho corrigindo as lições e efetuando os comentários bíblicos e também postando estudos.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *