De Graça Recebestes de Graça Dai – Estudo Bíblico

De Graça Recebestes de Graça Dai! São palavras do próprio Cristo, ditas a seus discípulos em Mateus capítulo 10 e versículo 8. Vamos entender melhor esse texto, para desmistificar a polêmica que gira em torno dele, onde muitos utilizam dessa frase para dizer que devemos fazer tudo na obra de Deus de graça.

Por exemplo; seguindo a regra de que a bíblia interpreta a própria bíblia; devemos olhar o contexto em que isso foi escrito. Quando olhamos o capítulo inteiro, em particular o versículo 1 de Mateus 10. Descobrimos o que, exatamente, eles receberam de graça.

E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o malMateus 10:1

Então, após passar as instruções aos discípulos, Jesus lhes envia a missão, concluindo com essas palavras:

Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça daiMateus 10:8

A pergunta é: Podemos usar essa frase de Jesus para proibir os pregadores de hoje, que cobram fortunas para pregar a palavra de Deus em algumas igrejas?

De Graça Recebestes de Graça Dai

Já entendemos que os discípulos receberam poder, unção, virtude! E é exatamente esse mesmo poder, unção e virtude que não pode ser vendido. O poder que eles receberam de graça pela imposição de mãos de Jesus Cristo. Deve ser dado de graça.

Vemos o Apóstolo Pedro praticando isso, lá no livro de Atos.

de graça recebestes de graça dai

Vendo Simão que o Espírito era dado com a imposição das mãos dos apóstolos, ofereceu-lhes dinheiro
e disse: “Dêem-me também este poder, para que a pessoa sobre quem eu impuser as mãos receba o Espírito Santo”.
Pedro respondeu: “Pereça com você o seu dinheiro! Você pensa que pode comprar o dom de Deus com dinheiro? Atos 8:18-20

O que significa que ao usarmos essa expressão para doutrinar outras áreas, como por exemplo dizer que; 1 hora de pregação, 1 hora de exposição bíblica ou 1 hora de ensino bíblico; deve ser dado de graça… Logo estamos generalizando o texto!

Pois é óbvio que conhecimento bíblico não é dado de graça. Você precisa estudar, pagar curso, faculdade, ler muitos livros, que não são de graça. Eles custam dinheiro, e por que? Porque esse conhecimento é a vida de pessoas que se dedicaram por completo ao estudo para então poder ensinar as gerações futuras através de livros.

Mateus 10:8 não tem nada a ver com a pregação e nem se devemos ou não pagar ou cobrar pela pregação, mas o texto de Mateus 10:8 (de graça recebestes, de graça dai) tem a ver com o uso do poder de Deus para fazer sinais, este não pode ser vendido.

Então, percebemos que o uso do texto é incorreto, quando aplicado a quem prega por dinheiro. Pois o texto é para quem faz sinais por dinheiro, quem cura por dinheiro, expulsa demônio por dinheiro ou coisas parecidas com isso.

E se a pregação, for considerada palestra por parte de quem cobra ou de quem convida, é perfeitamente normal e aceitável que seja cobrado um valor. Visto que dar palestras é também uma profissão.

Então, Qual Texto bíblico Usar para Condenar Pregadores que Cobram para Pregar?

O texto de Miqueias capítulo 3 é bem claro e específico a esse respeito. Mas é importante pensar, que se você procura um texto para condenar alguém, então seu coração pode não estar no lugar certo. Vejamos o texto:

Seus líderes julgam a troco de suborno, seus sacerdotes ensinam por lucro, e seus profetas adivinham em troca de prata. E ainda se apóiam no Senhor, dizendo: “O Senhor está no meio de nós. Nenhuma desgraça vai nos acontecer”Miquéias 3:11

É bom ver o livro ou ao menos o capítulo inteiro, para entender bem o que esta acontecendo.Veja que o texto não esta proibindo se sustentar da obra de Deus. Ou seja, como você vai fazer missões, viajar para um lugar distante, ganhar almas, plantar igrejas, sem ter um sustento que venha da igreja?

Ou ainda como você vai viver pregando todo dia em uma igreja diferente, ganhando almas em cada igreja que passa, sem cobrar dinheiro? Quem vai pagar suas contas e sustentar sua família? Você sabe o quanto sofrem aqueles que pregam todo dia e não cobram nada? Você sabe como suas esposas se separam deles, porque não aguentam ver seus filhos passar fome? É correto isso? É correto deixar o pregador que é muito usado por Deus para ganhar almas, (e por isso, é convidado todo dia a ministrar em algum lugar), sem ganhar nada para seu sustento?

É importante deixar claro, que ser convidado uma vez por mês para pregar em uma igreja perto da sua casa, obviamente não deve ser cobrado! Isso seria ridículo, nós obviamente estamos falando de pessoas que vivem pregando todo dia em igrejas diferentes, porque recebem muitos convites, são reconhecidos por serem usados por Deus e esse é um dos motivos que os fazem ter muitos convites.

Mas o texto esta advertindo: “Seus líderes julgam a troco de suborno”. Isto quer dizer, que quando 2 pessoas chegavam até o juiz, para apresentar uma situação que levou ambos a briga e contenda. O líder julgava a favor daquele que pagava mais. E não a favor da justiça!

Isso condena cantores e pregadores, pastores e líderes em geral, que ao pregar ou cantar, fazem pra atrair multidão, fazem pra agradar o povo, e não estão preocupados em falar a palavra de Deus que corrige e exorta. Ou seja, Deus esta condenando aqueles que manipulam a palavra para que tenha o resultado que é esperado por aqueles que pagam mais.

Nos dias de hoje, os que pagam mais são as multidões! Pois se você consegue atrair multidões, você passa a ganhar mais, vender mais CD e DVD, livros e etc. E as multidões só são atraídas por uma coisa. A manipulação da palavra que lhe faz ouvir o que desejam.

E obviamente, as igrejas que desejam atrair essas multidões, irão convidar você para fazer a “mágica” da multidão e dar ibope para a igreja. Nesse caso, ambos são condenados pela palavra de Deus. Tanto o pregador ou cantor que só canta e prega o que o povo gosta de ouvir. Quanto a igreja, que igual Roma, monta um Coliseu e entrega ao povo o que ele quer, pão e circo.

Veja que estamos já bem longe da frase dita por Jesus: De graça recebestes de graça dai.

“Seus sacerdotes ensinam por lucro”. Isto significa claramente que os sacerdotes estão cobrando dinheiro para ensinar a lei. Ou seja, estipulando valores para falar da palavra de Deus. E isso é condenado por qual motivo? Simples, porque os sacerdotes já tem o seu sustento, são da tribo de Levi, recebem o dizimo e esse é o sustento deles, já estipulado pelo Senhor na lei de Moisés. Hb 7:9. Nm 18:8-24.

Ou seja, Deus não é contra o sacerdote ter um salário por ensinar a lei. Deus é contra o caixa 2 que eles estavam fazendo, sendo que já tinham um salário, que é justamente o dizimo das outras 11 tribos.

Isso é muito importante ressaltar, DEUS NÃO É CONTRA O SACERDOTE RECEBER SALÁRIO PARA ENSINAR A LEI. Pois foi o próprio Deus que especificou o salário do sacerdote, conforme Números 18. Se nem Deus deixou o sacerdote sem salário, pagando a ele por ensinar a lei, porque nós vamos deixar de pagar aqueles que ensinam a palavra do Senhor? Veja:

E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui.
Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifaráGálatas 6:6,7

Assim sendo, a pergunta é: Os pregadores que estipulam um valor para pregar a palavra estão mesmo errados, sendo que eles não tem nenhum salário estabelecido por Deus igual tinham os sacerdotes? Essa é uma questão para se pensar.

Qual a sua opinião? Comente abaixo, mas por favor, cite versículos bíblicos como base. 🙂 . Nós temos um vídeo no nosso canal falando um pouco mais sobre esse tema. Clique Aqui.

Os Apóstolos eram sustentados pela igreja?

Sim. Veja a revolta de Paulo, por não ser sustentado pela igreja de Corinto, enquanto eles ajudavam no sustento dos outros apóstolos. O verso 14 merece nossa maior atenção:

Não temos nós direito de comer e beber?
Não temos nós direito de levar conosco uma esposa crente, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas? (isso quer dizer que o custo do sustento seria maior, se levar a esposa)
Ou só eu e Barnabé não temos direito de deixar de trabalhar?
Quem jamais milita à sua própria custa? Quem planta a vinha e não come do seu fruto? Ou quem apascenta o gado e não se alimenta do leite do gado?
Digo eu isto segundo os homens? Ou não diz a lei também o mesmo?
Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura tem Deus cuidado dos bois?
Ou não o diz certamente por nós? Certamente que por nós está escrito; porque o que lavra deve lavrar com esperança e o que debulha deve debulhar com esperança de ser participante.
Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais?
Se outros participam deste poder sobre vós, por que não, e mais justamente, nós? Mas nós não usamos deste direito; antes suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de Cristo.
Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar, participam do altar?
Assim ordenou também o Senhor (esse Senhor só pode ser Jesus) aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. 1 Coríntios 9:4-14

O que será que nosso Senhor Jesus Cristo quer dizer com: Vivam do Evangelho! Na minha humilde opinião, só pode ser uma coisa: Que para fazer a obra de Deus com excelência, é necessário deixar tudo, e fazer somente a obra do Senhor. Ou seja, ter uma profissão e tentar fazer a obra ao mesmo tempo, vai ser complicado!

Jesus Tinha seu Sustento de Ofertas?

Sim. Era normal os rabinos que ensinavam na sinagoga e também nas ruas, receberem ofertas do povo. Lembrando que oferta não é uma cobrança do rabino, mas uma gratidão e bom gesto dos ouvintes. E Jesus ensinava tanto nas sinagogas, quanto nas ruas, praças, campos, montes, qualquer lugar que fosse propício falar da palavra. Então, vamos ver que Jesus sim, recebia ofertas.

Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. João 12:6

Essa “bolsa” que estava nas mãos de Judas, era a sacola que o povo depositava ofertas, durante as ministrações de Jesus. Judas era o tesoureiro, cuidava do dinheiro que eles recebiam. Esse dinheiro era pra sustento de Jesus e seus discípulos, durante suas viagens pregando o evangelho. Veja outro versículo:

Porque, como Judas tinha a bolsa, pensavam alguns que Jesus lhe tinha dito: Compra o que nos é necessário para a festa; ou que desse alguma coisa aos pobres. João 13:29

Jesus também tinha parceiros ofertantes. O que podemos chamar de sócio contribuinte. Ou até mesmo de mantenedor. Pessoas que se comprometiam a lhe dar ofertas regularmente para lhe ajudar com seu sustento. Veja:

Joana, mulher de Cuza, administrador da casa de Herodes; Susana e muitas outras. Essas mulheres ajudavam a sustentá-los com os seus bens. Lucas 8:3

Essas mulheres foram curadas por Jesus, logo o seguiam e ajudavam no seu sustento, como forma de agradecer pelo que o Senhor Jesus fez na vida delas. Olhos maliciosos podem olhar isso como sendo: Pagamento pelos milagres que receberam. Logo se aplicaria a condenar com essa palavra: De graça recebestes de graça dai.

E é bem provável que isso aconteça hoje em dia. Pessoas dando ofertas a pastores e pregadores em forma de gratidão pelo que Deus fez através da vida deles, enquanto outros ficam de fora olhando e julgando a situação, dizendo que esses líderes são ladrões.

Essas passagens deixam claro que Jesus vivia de ofertas. Afinal, como ele iria trabalhar sendo que caminhava o dia todo, pregando, curando pessoas e estava sempre muito ocupado com a obra de Deus? Outro exemplo bem conhecido, é seu amigo Lázaro. A casa de Lázaro em Betânia, era grande, podia acomodar 13 homens, Jesus e os doze discípulos. Por isso, Jesus muitas vezes ficou ali.

O que Paulo Ensina aos Cristãos Sobre Pagamento a Pregadores e Pastores?

Por incrível que pareça. Paulo ensina a pagar os ministros. Ele mesmo, o apóstolo Paulo, nem sempre recebia sustento das igrejas. Suas cartas deixam claro, que ao ver que cobrar, poderia ser um impedimento ao evangelho. Ele se recusava! E é claro, que ele tinha condições de recusar, já que era sozinho, solteiro nessa altura da vida. Coisa que não dá pra fazer se você tiver esposo(a) e filhos.

Se outros têm direito de ser sustentados por vocês, não o temos nós ainda mais? Mas nós nunca usamos desse direito. Pelo contrário, suportamos tudo para não colocar obstáculo algum ao evangelho de Cristo1 Coríntios 9:12

Isso é específico a igreja de Corinto. Pois eles eram mesquinhos em relação a Paulo. Veja que o problema esta na igreja, e não no apóstolo. Porque quando mudamos de igreja, percebemos que Paulo é feliz em receber ajuda financeira delas.

Contudo, penso que será necessário enviar-lhes de volta Epafrodito, meu irmão, cooperador e companheiro de lutas, mensageiro que vocês enviaram para atender às minhas necessidadesFilipenses 2:25

Isso quer dizer que a igreja de Filipos, enviou ofertas a Paulo por meio de Epafrodito. E mais a frente na carta, ele agradece mais uma vez a oferta que recebeu. Veja:

Recebi tudo, e o que tenho é mais que suficiente. Estou amplamente suprido, agora que recebi de Epafrodito os donativos que vocês enviaram. Elas são uma oferta de aroma suave, um sacrifício aceitável e agradável a Deus.
O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo JesusFilipenses 4:18,19

Não só agradece, mas também deixa uma palavra profética. Que como eles ajudaram o apóstolo, que é servo do Senhor, pregador do evangelho; Deus irá suprir todas as suas necessidades.

E aos Corintios, ele usa esse exemplo como exortação, para vergonha deles. 1Co 11:8. E é para Timóteo que ele ensina, que os presbíteros, que trabalham na igreja, devem receber salário,em especial no ensino e na pregação do evangelho, devem receber um salário maior, do que os demais que trabalham em outras tarefas.

Os presbíteros que lideram bem a igreja são dignos de dupla honra, especialmente aqueles cujo trabalho é a pregação e o ensino1 Timóteo 5:17

Ou seja, as tarefas principais do trabalho na obra, é pregar o evangelho e ensinar a palavra. E para estes, o salário deve ser maior. Nesse texto, fica claro que a igreja de Timóteo, tem vários presbíteros, que ajudam a governar a igreja. Embora o texto fale de apenas 1 igreja, podemos entender que a igreja é única como corpo de Cristo, mas literalmente em Éfeso, tinha mais de 1 igreja, ou seja, mais de um lugar onde o povo se reunia para cultuar.

Veja mais estudos bíblicos aqui.

Como Pregar a Palavra de Deus?

Inscreva-se Gratuitamente para receber atualizações do blog e Baixar o Guia Prático para Elaborar Sermões do Clube de Pregadores

Pregador Manasses

Sou apaixonado pelo Senhor Jesus e a sua palavra, compartilho nesse blog daquilo que o Senhor me tem dado, por isso trago pregações para jovens, estudos bíblicos e dou algumas dicas pra ajudar os irmãos a como pregar a palavra de Deus. Seja Bem vindo!

Website: https://pregadormanasses.com

2 Comentários

  1. Washington luiz

    Parabens pelo estudo pastor pregador Manasses que Deus continue te abencoando.

    View Comment
  2. Lourdes

    Deus seja louvado por sua vida, Pastor Manassés! Continue neste propósito, falar e ensinar a Palavra genuína e fiel. Deus abençoe sua vida, sua família e seu Ministério. (aprendi bastante com este estudo sobre contribuições aos pregadores da Palavra)

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *