Esboço da Lição 05 – A Identidade do Espírito Santo

A paz amados, segue o esboço da lição 5 da CPAD – A Identidade do Espirito Santo. Para você professor da EBD e para você que deseja ministrar um estudo sobre o Espírito Santo, este esboço vai lhe ajudar muito! Lembrando que nossa querida irmã Silvania, já postou também o comentário dessa lição, aqui: comentário da Lição A Identidade do Espírito Santo.

Você pode conferir mais estudos bíblicos e pregações evangélicas sobre este mesmo tema, nos seguintes links: Como Ser Cheio do Espírito Santo. E também nesse aqui: Como Receber o Batismo com Espírito Santo. Confira agora a identidade do Espírito Santo.

Lição 05 – A Indentidade do Espírito Santo

Lição 05 – A Identidade do Espirito Santo

Introdução: O Espírito Santo é quem nos revela todas as coisas, a tri-unidade, a bíblia, que somos filhos de Deus!

1 – O ESPÍRITO SANTO 

Objetivo: Compreender quem é o Espírito Santo

  1. O Espirito Santo esta presente em toda a bíblia. Gn 1;2. Ap 1;4. Ex 25;6. 1Sm 16;13. Ap 22;17
  2. Ele foi retirado do homem em Gn 6;3. Para vir o dilúvio! Igual será no arrebatamento para vir a grande tribulação.
  3. Ele é o Espírito de Deus 1Cor 12;3 At 2;17. Também Espírito de Jesus At 16;7.
  4. Ele nunca nos deixará (Jo 14.6). O mundo não pode recebê-lo (Jo 14.7), Ele vive em nós e conosco (Jo 14.17). Ele nos ensina (Jo 14,26). Ele nos lembra as palavras de Jesus (Jo 14.26). Ele nos convence do pecado, nos mostra a justiça de Deus, e anuncia seu juízo contra o mal (Jo 16,8). Ele nos guia na verdade, e nos dá conhecimento de eventos futuros (Jo 16.13). Ele glorifica a Cristo (Jo 16.14).

2 – A DIVINDADE DO ESPÍRITO SANTO À LUZ DA BÍBLIA

Objetivo: Mostrar a divindade do Espírito

  1. Ele é a terceira pessoa da trindade Mt 28;19 Portanto Nosso alvo de fé igual o Pai e o Filho!
  2. Ele é Deus 2Cor 3;17. Gn 1;26. É mencionado como Deus At 5;3-4. 1Cor 3;16. 2Sm 23;2,3.
  3. O Espírito Santo é Deus pois é revelado na bíblia sempre em pé de igualdade com o pai e o filho Mt 28;19, 1Co 12;4-6; 2 Co 13;13; Ef 4;4-6; 1Pe 1;2
  4. Ele é enviado por Deus a pedido de Jesus Ev.Jo 14;16. Como sendo outro Consolador, o faz igual a Jesus 1Jo 2;1. Jesus pediu para ele ser enviado, porque Deus o retirou da terra Gn 6;3.
  5. No AT, o Espírito Santo descia sobre os homens de forma seletiva e temporária. O Espírito “apoderava-se” de certas pessoas do AT como Josué Nm 27:18 Davi 1Sm16:12-13 Saul 1Sm 10:10
  6. O Espírito era instável, ele não ficava. Por isso, poderia sair 1 Sm 16:14. Sl 51;11.
  7. ‘Ouvi a voz do Senhor,… vai e diz a este povo’ (Is 6.8,9). O apóstolo Paulo citou essa mesma palavra e disse: ‘Bem falou o Espírito Santo a nossos pais pelo profeta Isaías dizendo: Vai a este povo’ (At 28.25,26)

3 – OS ATRIBUTOS DA DIVINDADE

Objetivo: Apresentar os atributos da divindade

  1. O Espírito Santo é o Criador do Universo e dos seres humanos (Jó 26.13; 33.4; SI 104.30).
  2. Ele gerou Jesus (Mt 1.20; Lc 1.35) e o ressuscitou dentre os mortos (1Pe 3.18); e ressuscitará os fiéis (Rm 8.11).
  3. Ele é o Senhor da Igreja (At 20.28); autor do novo nascimento (Jo 3.5,6); dá a vida (Ez 37.14), regenera o pecador (Tt 3.5) e distribui os dons espirituais (1Co 12.7-11).
  4. Assim, o Credo Niceno-Constantinopolita-no declara: “E no Espírito Santo, o Senhor e Vivificador, o que procede do Pai e do Filho, o que juntamente com o Pai e o Filho é adorado e glorificado, o que falou por meio dos profetas”. A confirmação bíblica dessa verdade é abundante (2 Co 3.17; Rm 8.2; Jo 15.26; Fp 3.3; 2 Pe 1.21).
  5. Credo niceno-constantinopolitano, ou Símbolo niceno-constantinopolitano, é uma declaração de fé cristã aceite pela Igreja Católica, Igreja Ortodoxa, Igrejas ortodoxas orientais, Igreja Anglicana e pela maioria das denominações protestantes.
  6. O divino Consolador tem pleno poder sobre todas as coisas. Ele tem poder próprio. É dEle que flui a vida, em suas dimensões e sentidos bem como o poder de Deus (SI 104.30; Ef 3.16).
  7. Em 1 Coríntios 2,4, na única referência (no original) em que aparece o termo traduzido por ‘demonstração do Espírito Santo’, designa-se literalmente uma demonstração operacional, prática e imediata na mente e na vida dos ouvintes do evangelho de Cristo. E isso ocorre pela poderosa ação persuasiva e convincente do Espírito, cujo efeitos transformadores foram visíveis e incontestáveis na vida dos ouvintes de então, confirmando o evangelho pregado pelo apóstolo Paulo (1Co 2.4,5)”

4 – PERSONALIDADE DO ESPÍRITO SANTO

Objetivo: Analisar a personalidade do Espírito Santo

  1. O Espírito é onipotente (Rm 15.19) e a fonte de poder e milagres (Mt 12.28; At 2.4; 1Co 12.9-11). Ele é onipresente, está em toda parte do Universo (SI 139-7-10); e é onisciente, pois conhece todas as coisas, desde as profundezas de Deus (1Co 2.10,11), passando pelo coração humano (Ez 11.5), até alcançar as coisas futuras (Lc 2.26; Jo 16.13; 1 Tm 4.1). Assim a Bíblia ensina que o Espírito Santo é eterno (Hb 9.14).
  2. A santidade de Deus é o atributo mais solenizado nas Escrituras (Is 6.3; Ap 15.4). O termo “santo” é aplicado ao Espírito como consequência direta de sua natureza e não como resultado de uma fonte externa. é Ele quem santifica (Rm 15.16; 1 Co 6.11).
  3. A bondade é outro atributo divino, por isso, Jesus disse: “Ninguém há bom senão um, que é Deus” (Mc 10.18 e passagens paralelas de Mt 19.17; Lc 18.19); no entanto, a Bíblia ensina que o Espírito Santo é bom (Ne 9.20; SI 143.10). O Espírito é a verdade (1Jo 5.6) e sábio (Is 11.2).
  4. intelecto, pois Ele penetra todas as coisas (1Co 2.10,11) e inteligência (Rm 8.27). Ele tem emoção, sensibilidade (Rm 15.30; Ef 4.30) e também possui vontade (At 16.7; 1Co 12.11). As três faculdades intelecto, emoção e vontade caracterizam a personalidade.
  5. Ele Reage – Pedro obedeceu ao Espírito Santo (At 10.19,21); Ananias mentiu ao Espírito Santo (At 5.3); Estêvão disse que os judeus sempre resistiram ao Espírito Santo (At 7.51); o apóstolo Paulo nos recomenda não entristecer o Espírito Santo (Ef 4.30); os fariseus blasfemaram contra o Espírito Santo (Mt 12.29-31); os cristãos são batizados em nome do Espírito Santo (Mt 28.19).
  6. Ele é a Grantia da nossa salvação Ef 1.13,14

Curiosidades sobre o Espírito Santo

1 – O Espírito Santo não possui as pessoas, ele desce sobre o espírito humano, de maneira que você continua consciente do que faz. 1Cor 14;32. Espírito não pula! O corpo pula. 2Sm 6;14. Davi é quem pulava e dançava diante do Senhor, e o motivo era sua imensa alegria!

2 – Zc 6;5 Fala de 4 ventos como Espírito de Deus.
a. Quando Deus soprou em Adão. Primeiro vento.
b. Ez 37 vento sobre a nação de israel. Segundo vento.
c.Jesus soprou nos discipulos Ev.Jo 20;22. Terceiro Vento.
d. Atos 2 descida no pentecostes. Quarto vento.

3 – A bíblia fala de sete Espíritos Ap 4;5 e 5;6. Cremos que são 7 qualificações do Espírito Santo Is 11;1-3. Importante ressaltar que 4 desses falam de conhecimento!

  • Porque é o Espírito Santo quem inspirou a bíblia 2Tm 3;16,
  • é o Espírito Santo que nos faz lembrar as palavras de Jesus e nos ensina Ev.João 14;26, portanto ele nos faz lembrar a bíblia,
  • e João também diz que é o Espírito Santo que nos ensina. 1Jo 2;27.
  • Portanto, qualquer pessoa que diz estar cheia do Espírito Santo e não se curva diante das escrituras, não se preocupa em conferir tudo na bíblia, certamente essa pessoa esta vazia e confundindo o Espírito Santo com seu orgulho!

Fontes:
Wikipédia
Bíblia Online
Revista CPAD 3° Bimestre 2017

Como Pregar a Palavra de Deus?

Inscreva-se Gratuitamente para receber atualizações do blog e Baixar o Guia Prático para Elaborar Sermões do Clube de Pregadores

Pregador Manasses

Sou apaixonado pelo Senhor Jesus e a sua palavra, compartilho nesse blog daquilo que o Senhor me tem dado, por isso trago pregações para jovens, estudos bíblicos e dou algumas dicas pra ajudar os irmãos a como pregar a palavra de Deus. Seja Bem vindo!

Website: https://pregadormanasses.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *