Uma Promessa de Salvação

Uma promessa de salvação, é o tema da lição que vamos estudar esta semana. Vamos esclarecer todos os benefícios que o regenerado recebe através da morte de Cristo na cruz.

Assim como os benefícios que desfrutamos como graça, bondade, misericórdia entre outros que provem da salvação.

Uma Promessa de Salvação

I –  O Conceito Bíblico de Salvação

1 – O Conceito

Salvação na bíblia significa cura, remédio, saúde física, entre outros. No sentido espiritual a palavra salvação diz respeito ao que Jesus Cristo fez por nós, a expiação pelo nosso pecado;

Ou seja, Ele pagou com o seu sacrifício na cruz pelos nossos pecados. A salvação só é possível por causa da obra de Cristo, como diz o autor de Hebreus 2:10.

Agora no sentido prático, a salvação significa livramento da condenação eterna, tranquilidade e felicidade, para quem resolve aceitar a Jesus Cristo como seu único salvador.

2 – A Salvação no Antigo Testamento

Já no Antigo Testamento a palavra salvação está relacionada a fugir dos seus inimigos, a ser liberto da escravidão

E ao estabelecer as qualidades morais e espirituais para a vida daquele que tem Deus como o Senhor e Salvador.

Nesta percepção, diante das catástrofes, perseguição doença e morte descritas em (Jz 15:18; 2 Sm 22:3), Deus prometeu a Salvação ao seu povo no sentido de libertar e curar, para que seu povo viva uma vida longe das injustiças.

No entanto, o ponto alto da salvação no Antigo Testamento aconteceu com a profecia de Isaías, que falava sobre a vida e a morte do “Servo Sofredor” (Is 53).

O Antigo Testamento aponta para o sacrifício de animais sendo substituído pelo sacrifício de Jesus Cristo no Calvário, como diz (Hb 10:11,12):

“E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados;

Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus,”

Um exemplo de vaticinado (professia) mencionado por vários profetas daquela época era quando se oferecia um inocente, no lugar de um culpado;

uma morte que não era merecida, mas aceita por Deus para remir os nossos pecados (Hb 9:21): “E semelhantemente aspergiu com sangue o tabernáculo e todos os vasos do ministério.”

3 – Salvação no Novo Testamento  

Não é por mérito que alcançamos a Salvação, Deus dá a Salvação a todo aquele que crer, a Salvação é pela graça, Veja o que diz Efésios 2:8,9:

“Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.”

O apóstolo Paulo, é o que mais esclarece a respeito da salvação, ele deixa claro que a salvação que Deus nos dá não é pela lei nem por esforço humano, apenas pela graça (Gl 2:16).

Cabe a nós confiar em Cristo, para que sejamos redimidos e justificados, através da sua crucificação e também deixando-se ser santificado até o fim, esperando na sua ressureição (Rm 4:25).

Ainda que não sejamos merecedores destá dadiva, Deus perdoa nossos pecados e traz a reconciliação consigo mesmo (Rm 5:11),

O adota como família (Gl 4:5), sela com o Espírito Santo e capacita o crente a viver em santidade, deixando morta todas as forças do pecado,

E assim mais parecidos com Cristo, para que a pessoa que nasceu de novo esteja preparada para esperar a salvação com confiança plena e gloriosa (Fp 3:21).

II – A Importância da Doutrina da Salvação

1 – A Grandeza da Salvação.

Quando o crente rompe com a velha natureza e passa a ser nova criatura, é preciso que ele tenha o desejo de conhecer mais a verdade de Deus, como diz 1Tm 2:4:

 “ Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.”

Precisamos tomar o capacete descrito em Ef 6:17 e proteger a nossa mente com as verdades que salvam,

para ficarmos livres das astutas ciladas de Satanás que procura nos colocar em dúvida, assim poderemos entender os conceitos fundamentais da doutrina cristã, tais como:

1°) Propiciação

É o que leva alguém a perdoar uma ofensa recebida, ou a proceder misericordiosamente para com o ofensor. No caso foi a morte de Jesus na cruz pelos nossos pecados.

2°) Expiação

É a satisfação oferecida à justiça divina por meio da morte de Cristo pelos nossos pecados, assim todos os que creem em Cristo são pessoalmente reconciliados com Deus, livrados de toda a pena dos seus pecados e feitos merecedores da vida eterna;

3°) Regeneração

Ato ou efeito de regenerar-se, uma outra palavra para regeneração é “renascimento”, relacionada à outra frase bíblica “nascido de novo”.

4°) Santificação

É um processo da graça de Deus em que o crente passa a ser separado do pecado e se torna dedicado a justiça de Deus

5°) Perdão

É a ação humana de se livrar de uma culpa, uma ofensa, uma dívida e etc. É quando uma dívida é esquecida.

2 – Para Compreender o Que Jesus Fez

É muito simples viver a salvação, basta aceitar Jesus como seu salvador (Rm 10:10). Muitas das vezes o processo da salvação é lento e

precisa ser compreendido, esse processo chama-se o aperfeiçoamento dos santos. A salvação é um processo imediato,

Mas o aperfeiçoamento vai depender da vida constante em dependência de Deus em todas as áreas da vida, e isso se chama “santificação”

 3 – Para se Aprimorar Dos Benefícios da Salvação

Como alguns podem negar a salvação, devemos nos esforçar para conhecê-la melhor e nos aprimorar de todos os benefícios,

Como o livramento da condenação do inferno, a libertação do poder do pecado e do poder das trevas descrito em (Cl 1:13) que diz:

“O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; ”

Uma Promessa de Salvação

III – A Salvação Prometida no Éden

1 – O Pecado Humano

A raça humana passou a viver a maldade a partir do momento em que Adão e Eva pecaram (Gn3:6,7)

Enquanto o casal não havia sido contaminado pelo pecado, eles tinham uma vida de harmonia com Deus (Gn 2:23-25).

Mas quando a raiz do pecado foi descoberta, o casal passou a enfrentar conflitos entre si e o Criador (Deus).

Através de Jesus a maldade é substituída pelo amor, fé, e boas obras, fazendo com que se manifeste a bondade de Deus. Estes atos são devido a salvação (Ef 2:10).

2 – A Transferência da Culpa.

As respostas de Adão e Eva, logo após terem pecado mostra que eles eram incapazes de lidar com o problema do pecado, pois não assumiram a culpa colocando-a sob terceiros (Gn 3:12,13).

Observando o contexto desta passagem, logo vemos que Deus tinha providenciado a solução para o problema da nudez, cobrindo-os com peles de animal (Gn 3:21).

Naquele momento Deus transferiu a culpa dos nossos pecados para um animal inocente, este ato significa o sacrifício perfeito de Cristo para salvar o homem.

3 – Satanás Esmagado e o Pecado Vencido.

O que Deus anunciou no Éden é denominado de protoevangelho, que significa o projeto proclamado por Deus para a salvação do ser humano.

Embora o demônio tivesse o intuito de eliminar o homem, Deus jamais o abandonaria a sua própria sorte.

Mas por intermédio da salvação concedida na cruz, Cristo esmagou a cabeça da serpente, trazendo assim a solução definitiva para o estado caído do ser humano.

O veneno que Satanás tentou passar para a humanidade foi destruído pela morte de Cristo na cruz do calvário.

Deus prometeu a salvação e seu desejo é que todos sejam salvos (1Tm 2:3,4)

“Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer salvar todos os homens, para que tenham ao conhecimento da verdade.”

Mesmo sendo pecador e estando na condição de inimigo de Deus.

CONCLUSÃO

Mesmo que o homem tenha ido de contra a vontade de Deus e desobedecido suas ordens, não aceitando seu cuidado no Jardim do Éden,

Deus providenciou algo que substituiu o sacrifício de animais. Através de Cristo, Deus apresentou uma solução para a redenção dos pecados do homem:

1°) Falando a Promessa de Redenção

“E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. ”

2°) Sacrificando o Animal Para Cobrir a Nudez do Homem

“E fez o Senhor Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu. ”

veja outras lição aqui

Como Pregar a Palavra de Deus?

Inscreva-se Gratuitamente para receber atualizações do blog e Baixar o Guia Prático para Elaborar Sermões do Clube de Pregadores

Silvania Soares

Graça e paz a todos! Meu nome é Silvania Soares, sou cristã há mais de trinta anos, congrego na Assembleia de Deus, tenho ministério de ensino e sou Bacharel em Teologia. Amo ensinar a palavra de Deus e formar novos pregadores. Comecei como aluna no clube de pregadores, onde, graças a Deus e ao conhecimento aquirido no clube, trabalho corrigindo as lições e efetuando os comentários bíblicos e também postando estudos.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *