A Igreja de Cristo

A lição desta semana vai nos trazer um ensinamento muito precioso sobre a Igreja de Cristo. A passagem bíblica que se encontra em Atos 2 nos traz revelações preciosas, sobre a descida do Espírito Santo. O que vamos aprender nesta lição de EBD, é a igreja como o corpo de Cristo, e quais os elementos que o identificam.

 Igreja de Cristo

I – A Comunidade Dos Fiéis

1. Etimologia

O termo grego “ekklesía” traduzido como igreja, significa chamado para fora. Em Atos 19:32,39 e 41, este termo nos dá a ideia de ajuntamento ou assembléia, que aparece na ARA (Almeida Revista e Atualizada).

2. A Assembléia Dos Cidadãos

A Septuaginta usa este mesmo termo (ekklesía) para a tradução do hebraico (qahal) que quer dizer: “assembléia, multidão humana reunida”; isto referindo-se a Israel (cf. Dt 23:2; 31:30).

Este era a mesma palavra usada para os cidadãos de Atenas, mas este termo aparece no Novo Testamento com um significado Glorioso. Veja (Ef 2:19): “Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus”.

Essas palavras soam como um tom de celebração de Júbilo e festiva com todos os remidos como homens cidadãos do céu.

3. O Significado da Santa Igreja Católica

Nos principais credos da antiguidade cristã, aparece a expressão “Santa Igreja Católica” O termo katholikós, “universal, geral”, tem um significado literal  “de acordo com o todo”, pois é substantivo composto por katá e de holos.

Essa preposição grega “katá” significa: “de cima para baixo, contra, ao longo de, conforme, de acordo, segundo” e a palavra holos quer dizer “todo, inteiro, completo”.

Inácio bispo de Antioquia (70-110) que empregou o termo para designar a igreja com o sentido de “geral, universal”. Mas o significado adequado do termo se perdeu com o tempo.

II – ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA

1. Afinal, o Que é Igreja?

Bom, igreja é toda congregação ou assembléia que se reúna no nome do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, e declarem a sua fé nEle (Jesus).

Agora esta declaração pública, acontece de forma diversificada, que dentre essas formas incluem o batismo, e a ceia do Senhor.

A palavra igreja trata-se de um sentido completo da palavra que foi prometida por Jesus: “Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.”

Onde Ele mesmo prometeu estar presente na igreja, por meio do seu divino Espírito Santo, até o fim dos séculos. Maravilha saber que teremos o Senhor presente na nossa congregação, quando estamos reunidos.

2. As Ordenanças

Temos duas ordens dadas pelo Senhor, essas ordens que damos o nome de “ordenança” estão registradas nos evangelhos de Mateus e Lucas.

1°) A Igreja de Cristo NA Primeira Ordenança

É o batismo nas águas, e se encontra lá em (Mt 28:19) “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;”

O batismo significa a união que temos com Cristo e a confissão de que temos realmente fé em Jesus. Assim, como nascemos apenas uma vez, o batismo tembém acontece apenas uma vez: “Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;” (Ef 4:5).

2°) A A Igreja de Cristo Segunda

Trata-se da santa ceia, em que Jesus diz em (Lc 22:19) ” E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim.”

A ceia é um ritual da comunhão e significa estar em plena comunhão. Isso que nos leva a continuação da vida espiritual com a igreja.

Para participar da ceia do Senhor é preciso estar em comunhão com Deus e com os irmãos, assim é impossível alguém ser crente sem ser membro de alguma igreja.

 3. A Adoração

Os crentes em Jesus se reúnem para adoração pública e coletiva. Os dois principais verbos gregos para adorar no Novo Testamento, são:

a) Poskyneo

Que significa “adorar, render homenagem”, no sentido de prostrar-se, veja o exemplo em apocalipse 19.10: “E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia.”

b)  Latreuo

Que significa “servir” a Deus, veja o exemplo (Ap 22:3) ” E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão.”
À luz da Bíblia podemos definir adoração como serviço sagrado, culto ou reverência a Deus por suas obras e por aquilo que Deus é.

Não há diferença entre “servir” e “adorar” nem entre “prostrar-se” e “adorar”. As principais peças de um culto são: oração, louvor, leitura bíblica, pregação ou testemunho, oferta e manifestação dos dons do Espírito Santo. (1Co 14.26).

4. A Família de Deus

A igreja não deve ser confundida com templo; a “casa de Deus” é outra coisa. Temos passagens no Novo Testamento em que a palavra “casa” parece estar referindo-se a igreja.

Observe o que diz: (1Tm 3:15) “Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.”

Veja o que disse o apóstolo Pedro: (1Pe 2:5) “vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo”. Veja que aqui Pedro diz que os cristãos são parte do grande projeto da casa espiritual de Deus.

A palavra casa é usada simbolicamente para indicar família, observe o que diz Josué (24:15 b): “porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor.”

E também é usada como família de Deus, veja (Ef 2:19) “Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus;” Esta explicado o porque chamamos todos os que se convertem ao Senhor de irmãos.

III – O CORPO DE CRISTO

1. O Corpo e Seus Membros

A Igreja é o corpo de Cristo. O corpo é um e tem vários membros. O apóstolo Paulo chama a atenção para um detalhe importante: “o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo” (1 Co 12.12).

O apóstolo Paulo é cauteloso para não confundir Cristo com a Igreja, pois Jesus é transcendente (Cl 1.16,17), o que Paulo nos ensina é que pertencemos a Cristo e por Ele somos membros do seu corpo (1 Co 12.27).

2. A Morada de Deus

Quando Saulo estava no caminho para Damasco, perseguindo o povo de Deus, ele ouviu uma voz que dizia: “Saulo, Saulo, por que me persegues?” (At 9.4).

O Senhor se identificou como os seus discipulos; e a Paulo foi revelado que a Igreja é o corpo espiritual de Cristo, sendo o Senhor mesmo o cabeça da igreja como diz: (Cl 1.18),” E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.”

E os membros são o templo de Deus e a habitação do Espírito Santo ou seja a morada de Deus no espírito (Ef 2:22). No Antigo Testamento, o tebernáculo e o Templo representavam a presença de Deus.

Hoje não existe mais o templo de Jerusalém, Deus habita em cada cristão, todos os que estão contritos com Deus, somos habitação de Deus e templo do Espírito Santo.

  3. Os Membros do Corpo

Quando o crente inicia no corpo de Cristo e é batizado, independente das traduções NTLH, NVI que tem em nota (com ou por). As duas versões são gramaticalmente legítimas, cf. Lc 2:27; 1 Co 12:13).

Ser batizado “por um só Espírito” significa que é o Espírito Santo quem batiza, isso indica a iniciação do crente no corpo de Cristo, e não ao batismo que ocorreu no dia do pentencoste.

Stanley M. Horton, foi um teólogo do movimento pentencostal e o autor de inúmeros livros, além de comentar as Lições Bíblicas para a Escola Dominical das Assembléias de Deus norte-americanas.

Ele também defende esta posição, em que não haja diferença entre ricos e pobres, grandes e pequenos, como explica (1Co 12:13) “Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.”

CONCLUSÃO

Depois de tudo que vimos, podemos concluir que a morada de Deus é estabelecida primeiro no tabernáculo e depois no templo, isso quando ambos estão consagrados a Ele.

Assim o Espírito Santo também habita no corpo do cristão individualmente. Gentios e Judeus passam a ser o mesmo povo quando convertidos no evangelho (1Co 10:32).

A missão prioritária da Igreja de Cristo é adorar a Deus e propagar o evangelho a toda a criatura e nação da terra, observe o evangelho de Mateus:

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mt 28: 19,20).

Veja outras lição aqui

Como Pregar a Palavra de Deus?

Inscreva-se Gratuitamente para receber atualizações do blog e Baixar o Guia Prático para Elaborar Sermões do Clube de Pregadores

Silvania Soares

Graça e paz a todos! Meu nome é Silvania Soares, sou cristã há mais de trinta anos, congrego na Assembleia de Deus, tenho ministério de ensino e sou Bacharel em Teologia. Amo ensinar a palavra de Deus e formar novos pregadores. Comecei como aluna no clube de pregadores, onde, graças a Deus e ao conhecimento aquirido no clube, trabalho corrigindo as lições e efetuando os comentários bíblicos e também postando estudos.

Website:

1 Comentário

  1. Pingback: Lição da Escola Bíblica Dominical - A Segunda Vinda de Cristo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *