Quando Deus diz Não – Esboço de Pregação sobre Fé e Esperança

Quando Deus diz Não – Esboço de Pregação sobre Fé e Esperança. Esse esboço traz a agonia do apóstolo Paulo ao se ver diante de uma situação que mesmo ele, sendo grande homem de Deus, não poderia resolver.

Talvez a primeira vez que ele pediu algo ao Senhor para si mesmo, e não foi atendido. E a mensagem se sobressai ao redor desse dilema, uma vez que o espinho na carne não foi removido, para entendermos como fica a nossa fé em situações como essa.

Quando Deus diz não esboço de pregação sobre fé e esperança

O Espinho na Carne – Quando Deus diz Não

Texto Base: 2 Coríntios 12:8-10

Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim.
E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.
Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.

Introdução

O apóstolo Paulo escreveu grande parte do novo testamento, e nunca foi de ficar contando experiências pessoais, tanto que fica difícil imaginar ele se gabando por alguma coisa. Ele sempre usou seu tempo para ensinar a palavra e principalmente para falar de Cristo. Mas aqui nesse texto, Paulo esta compartilhando uma experiência pessoal, que parece de tristeza e dor, mas ele mostra fé e esperança.

Você já passou situações quando Deus diz não? Não atendeu seu pedido? Não te ajudou? Ficou em silêncio vendo você sofrer? Hoje você vai saber porque isso acontece em nossas vidas.

Tópico 1 – A Difícil Recompensa do Céu!

1.1 Paulo teve a experiência que todos gostariam de ter, do verso 1 ao 7, ele conta que subiu ao terceiro céu! Quem não gostaria de subir até lá? Dar um passeio, conhecer tudo e depois voltar maravilhado. Porém ao voltar, sua recompensa não foi boa. O espinho na carne. Após uma experiência incrível ele não foi exaltado, mas sim, humilhado!

1.2 A lógica de Deus é diferente da nossa, pois esperamos ser exaltados após ter visões e revelações. Porém, Paulo recebeu um espinho na carne, ao qual ele mesmo declara o motivo: “para não me exaltar”. Por causa da excelência das revelações.

1.3 Já dizia Cristo em Lucas 12;48. “A quem muito é dado, muito é cobrado”. Acredito que não existe preço para anunciar o evangelho, não existe preço para falar de Jesus. Porque o preço pago na cruz para que pudéssemos ter essa oportunidade é inestimável. Porém, quando se trata de situações sobrenaturais, as coisas podem ficar muito sérias. Por isso, é melhor não desejar experiências sobrenaturais, se você não tem estrutura pra suportar o que vem depois.

Por isso falou Tiago: Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo. Tiago 3:1

Tópico 2 – A Oração de Paulo

2.1 Em nenhum outro lugar nas cartas e nem no livro de Atos, vemos Paulo orando por si mesmo. Pelo contrário, ele sempre esta orando pelos outros. 1Ts 1;2. Rm 1;9. Ef 1;16. 2Tm 1;3. Fl 1;4.

2.2 É estranho saber que ele orou 3 vezes por si mesmo, sendo que ele não tem o costume de orar por si. Isso indica que o espinho realmente incomodava.

2.3 A quem diga que o Judeu normalmente ora apenas 1 vez pra cada coisa que deseja. Se isto é verdade, ao dizer que orou 3 vezes, Paulo esta chamando atenção para o seu desespero com esse espinho.

2.4 Paulo ora e Deus responde. São poucos que oram e recebem resposta de Deus. Logo Paulo tem uma intimidade grande com Deus.

2.4.1 E o normal é que um homem como Paulo, que sofre pelo evangelho, que tem intimidade, que possui experiências incríveis, que leva as marcas de Cristo, que ora pela igreja, que vai preso pelo evangelho, seja no mínimo atendido quanto a seu conforto, bem estar, ou pelo menos naquilo que lhe incomoda.

2.4.2 Mas se Deus não retirou o espinho, isso é automaticamente um “não” da parte de Deus, aquele momento em que Deus ouve, você sabe que Ele ouve, mas Ele não atende sua oração.

Tópico 3 – A resposta de Deus

4.1 Resumindo a resposta de Deus em uma palavra, percebemos que esta dizendo Não. Ele não vai tirar o espinho, não irá atender o pedido de Paulo. As vezes Deus diz não. 1Cr 22;8.

4.2 Quem era o apóstolo Paulo para receber um não de Deus? O maior missionário depois de Cristo, quem mais plantou igrejas, quem mais salvou almas. E mesmo assim, recebeu um não de Deus. Isso nos ensina que não é pelo que fazemos que Deus nos abençoa ou nos ouve, ou nos atende! Mas é pela sua benignidade e misericórdia. Lm 3;22-23. Mt 5;45. Sl 103;8. Sl 100;5.

4.3 Ao dizer não para Paulo, Deus esta nos ensinando que ele tem vontade própria, por mais que Paulo fez grandes coisas, Deus é soberano e não podemos comprar o ‘sim’ de Deus com nossas ações. Rm 9:13-16. Jr 9;24.

Tópico 4 – A graça de Deus

4.1 Deus fez Paulo lembrar que o mais importante é a graça. E que não importa os sofrimentos dessa vida, quando temos a graça de Deus. Se já estamos salvos e vamos morar no céu, nada mais importa. E as dificuldades nos fazem lembrar que somos pequenos, arrancam nosso orgulho e nos fazem lembrar do Senhor. Sl 78;34,35. Sl 77;3. Ec 12;1.

4.2 A graça é o suficiente para nós, porque o poder de Deus é eficiente em nossa fraqueza. Enquanto o homem pensa ser forte, ele menospreza a cruz e a salvação. Porém quando o homem reconhece sua fraqueza e fragilidade e incapacidade não podendo fazer nada por si mesmo, então ele se volta ao Senhor. Sl 77;2.  Sl 51;17. Sl 34;18.

4.3 O poder de Deus que se aperfeiçoa na fraqueza é o evangelho da salvação, Rm 1:18. 1Cor 1;24. E o evangelho é para os fracos, injustos, pecadores. Quando você não se considera fraco pecador, o evangelho perde efeito na sua vida. É necessário reconhecer sua fraqueza para que o evangelho faça sentido pra você.

4.4 Ao reconhecer que é um pecador, o evangelho é necessário. E ao perceber que não dá pra passar um dia sem a mão de Deus te ajudando, o evangelho continua sendo necessário, uma vez que é Cristo que nos aproxima de Deus, Ele é o caminho ao todo poderoso. Jo 14;6. Jo 6;37.

Tópico 5 – Aceitando a Vontade de Deus

5.1 Paulo recebe de boa mente a vontade de Deus. Isso é cristianismo, a capacidade de sofrer por amor a Cristo, aceitar o sofrimento para que a vontade de Deus seja feita. Mt 6;10. Mc 3;35. 1Ts 5;18.

5.2 Paulo entendeu que Deus é soberano e sabe o que faz. E que ele não deve questionar as decisões de Deus, mas confiar em Deus sabendo que isso vai fazer o bem de alguma forma para Deus e seu reino. Não podemos orar: Seja feita tua vontade, e depois discordar das escolhas de Deus. Ainda que Deus decidiu algo que não parece bom para você, saiba que será bom para o reino de Deus! Olhando dessa forma, Deus sempre diz o “SIM” para a vontade Dele. Fl 2;13. 1Jo 5;14.

5.3 Paulo percebeu que precisa ser fraco como homem, precisa ter certeza de que ele é fraco e sentir-se fraco. Para então depender única e exclusivamente de Deus. As nossas fraquezas, revelam o quanto somos dependentes do Senhor. E quanto mais dependente de Deus, maior é sua fé. “Se aperfeiçoa na fraqueza”.

Concluindo

Precisamos parar de brigar com Deus e murmurar questionando o que Ele faz ou deixa de fazer. Precisamos entender que somos servos e não senhores de Deus. E que a sabedoria de Deus é maior do que a nossa, e confiar que se Ele permite o sofrimento em nossas vidas, é para um bem maior com certeza. Devemos orar pedindo pra que a vontade Dele seja feita, mas sem hipocrisia, estando prontos para aceitar a sua vontade quando ele fizer. Como disse Jó a sua mulher: Aceitaste o bem de Deus com prazer, e o mal não queres aceitar?.

Façamos uma oração nesse momento, para declarar ao Senhor que ele tem o controle de tudo em nossas vidas. E pedir que nos ajude a aceitar a sua vontade, por mais difícil que seja, porque no fundo sabemos, que será melhor do jeito de Deus do que do nosso.

Se você gostou desse esboço, confira também nossas pregações evangélicas.

Mais informações sobre esse esboço:
Elaborado por: Pregador Manassés.
Tempo da Mensagem: Mínimo de 60 minutos.
Ocasião: Culto da Família, culto público.
Dedicado aos alunos do Clube de Pregadores.

Aprenda a Como Pregar a palavra de Deus com unção e ousadia no Espírito Santo. Inscreva-se na escola Clube de Pregadores.

Clique Aqui para Baixar o Esboço Gratuitamente.

Como Pregar a Palavra de Deus?

Inscreva-se Gratuitamente para receber atualizações do blog e Baixar o Guia Prático para Elaborar Sermões do Clube de Pregadores

Pregador Manasses

Sou apaixonado pelo Senhor Jesus e a sua palavra, compartilho nesse blog daquilo que o Senhor me tem dado, por isso trago pregações para jovens, estudos bíblicos e dou algumas dicas pra ajudar os irmãos a como pregar a palavra de Deus.
Seja Bem vindo!

Website: https://pregadormanasses.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *